segunda-feira, 23 de junho de 2008

COMO PROMOVER EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA

Quando se pensa em degradação ambiental imaginam-se desmatamentos, queimadas, poluição das águas e do ar. Além destas questões, uma preocupação crescente é com o lixo produzido em escala industrial. Cada ser humano produz diariamente 5 kg , sendo que 70% do lixo coletado globalmente podem ser reciclados ou reutilizados. Neste cenário, os especialistas de várias áreas reconhecem que o equacionamento do problema passa pela Educação Escolar.
O desenvolvimento da consciência ecológica para o reaproveitamento do lixo relaciona-se à integração entre conteúdos escolares e uma prática pedagógica voltada à solução de problemas concretos vividos pelos estudantes. Segundo Josenilde Silva, estudante do ensino médio, os alunos precisam ser sensibilizados para a questão. “A escola poderia promover gincanas educativas sobre reciclagem do lixo, desenvolvendo assim um espírito mais participativo e motivando os alunos para resolução de problemas ambientais”, sugere a estudante.
O planejamento de ações em educação ambiental durante todo o período letivo das escolas, e não somente em datas especificas do ano, é uma das sugestões apontadas pela coordenadora pedagógica Solange Lima. A educadora afirma que só assim os professores poderiam trabalhar de forma mais sistemática e coerente projetos educativos visando à promoção de um ambiente limpo e saudável
Para a estudante Josenilde Silva a discussão sobre o lixo e sua reciclagem no ambiente escolar é importante não só porque forma uma consciência ambiental sobre o problema, mais também pelo fato de poder mostrar aos alunos que por meio da reciclagem se pode gerar um meio de renda para quem trabalha com esta atividade.
Um trabalho de Educação Ambiental sobre o lixo e sua reutilização só faz sentido quando envolve todos os segmentos sociais que fazem parte da escola, é o que pensa Francisca Alves, Gerente de Planejamento da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM). Para a gestora as ações ambientais devem produzir exemplos de novos valores culturais para com o meio ambiente. “Este ano, por exemplo, a prefeitura da cidade resolveu tomar uma iniciativa inovadora ao propor a decoração natalina do município utilizando-se de matérias descartáveis. Ações com estas são simples, mas produzem um grande efeito simbólico sobre a população”, garante a gestora.
A gerente de planejamento da SEMAM sugere também que a cidade de Teresina crie uma política de incentivo a Reciclagem do lixo através, por exemplo, de uma usina de tratamento do lixo, permitindo desta forma que projetos de coleta seletiva desenvolvidas nas escolas possam dá um destino para o material recolhido nestas atividades.

O MEIO AMBIENTE PEDE SOCORRO

Loading...